Tesla Roadster – O Que Esperar do Novo Carro Desportivo da Tesla Motors

No último evento da Tesla, Elon Musk prosseguiu com a constante inovação e, após mostrar a semi carrinha elétrica, teve ainda lugar para um grande final. A Tesla desvendou o seu novo modelo Roadster. Este Roadster é a segunda geração do famoso Roadster descontinuado em finais de 2011. Agora, totalmente elétrico, este é o modelo que promete bater recordes.

No fim da produção do Roadster de primeira geração, Elon Musk sugeriu que o modelo tivesse um precedente sem o chassis da Lotus. Com isto, em 2014 teve o seu primeiro teaser. Mais tarde, já em 2016, através do Twitter, Elon confirmou que a produção do novo carro iria ter início, mas que seria “uns anos mais tarde”. No evento Tesla Semi, a 16 de Novembro de 2017, o modelo foi finalmente apresentado como uma surpresa. Ao apresentar o novo Camião, um trator semi-reboque, do seu reboque saiu o próprio Roadster para delírio do público.

A sua data de chegada é 2020, porém a Tesla afirma que a sua comercialização só terá início após o começo de vendas do Tesla Modelo Y. Este novo Roadster será mais veloz do que qualquer carro legal de produção para o público, tendo uma aceleração mais rápida até do que os Modelos S e X. Este modelo de quatro lugares, 2+2, foi desenhado pelo chefe executivo de design da Tesla, Franz von Holzhausen, e conta também com um telhado de vidro removível, 3 motores elétricos, um na frente e dois na traseira, que possibilita tração integral. Afirmam que a sua bateria tem uma potência de 200 kWh (720MJ), o dobro da capacidade do modelo S P100D, dando uma autonomia de 1000 km numa só carga de bateria.

Acerca dos três motores elétricos, não foram expostos quaisquer detalhes, prometem que estes sejam divulgados até o mais tardar, finais de 2019. Na sua apresentação, a Tesla estima que a aceleração do novo Tesla Roadster será de 1.9 segundos dos 0-60 mph (0-97 km/h) e 4.2 segundos dos 0-100 mph (0-161 km/h). Elon Musk afirmou ainda que este será o carro mais rápido a percorrer um quarto de uma milha, cumprindo este feito em menos de 9 segundos. Afirma-se que a sua velocidade máxima exceda os 400 km/h.

Se estas especificações forem confirmadas após a produção do Roadster, o modelo irá ultrapassar qualquer carro de 2017 e estabelecerá novos recordes de carros produzidos em massa, tendo nenhum até agora conseguindo passar a marca dos 2.0 segundos dos 0-100 km/h. Atualmente, o tempo recorde é detido pela Porsche, imposto pelo Porsche 918 Spyder, com a impressionante marca de 2.2 segundos dos 0-100 km/h. O preço esperado está nos 200,000$ USD, porém os primeiros 1000 a serem produzidos terão um preço de 250,000$ USD. O pagamento para reserva prévia do carro terá de ser no seu valor total.

Assim, Elon Musk procura mesmo pôr um travão a fundo na produção de carros a gasolina. O proprietário da Tesla, o próprio Elon com um tom de humor, afirmou: “Conduzir um carro a gasolina irá parecer um motor a vapor.”

Com tudo isto, se o novo modelo da Tesla conseguir cumprir todos os requisitos acima descritos, é esperado que o Tesla Roadster de 2020 ultrapasse qualquer outro carro produzido até à data­­­, como por exemplo o Tesla Model 3.

Mais informação